Saturday, 21 de September de 2019

VIVER


Palmas

Cidadania e Justiça apoia realização da Semana da Diversidade Sexual e de Gênero do Tocantins

06 Jun 2019    14:13    alterado em 13/06 às 14:13
Cidadania e Justiça apoia realização da Semana da Diversidade Sexual e de Gênero do Tocantins

Em junho é celebrado o mês do Orgulho LBGTI+ e várias cidades brasileiras mantém programações voltadas para o público, principalmente movimentos de reivindicação de direitos e combate à violência contra lésbicas, bissexuais, gays, transexuais e travestis e intersexuais e a qualquer tipo de intolerância com relação a identidade de gênero ou orientação sexual. Dessa forma, ocorrerá entre os dias 13 e 16 de junho, a Semana da Diversidade Sexual e de Gênero do Tocantins com o apoio da Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju). 

A gerente de Diversidade e Inclusão Social da Seciju, Nayara Brandão, reconhece a necessidade de dar suporte e conta como esse apoio é necessário para o desenvolvimento de medidas protetivas para a comunidade LGBTI+. “Além de auxiliarmos com informações para que o direito de todas as pessoas sejam respeitados, é de suma importância que sejam desenvolvidas no estado políticas públicas para a diminuição do preconceito e da violência a essa população”, ressaltou a gerente.

Programação da Semana
A programação da Semana da Diversidade Sexual e de Gênero do Tocantins será iniciada nesta quinta-feira, 13, às 18h, no auditório da OAB – Seccional Tocantins, com a palestra “Atualidades dos direitos LGBTI+ - Provimento 73 do CNJ e direitos reprodutivos de pessoas transgêneros”, proferida pela secretaria geral da Comissão Nacional de Diversidade Sexual e de Gênero do Conselho Federal da OAB, doutora Chynthia Barcellos, No domingo, 16, a Semana se encerra com a 16º Parada LGBTI – 50 anos de (re) existência LGBTI+ organizada pelo Coletivo da Diversidade Tocantinense.

A palestra é aberta ao público e segundo o presidente da Diversidade Sexual da OAB Tocantins, Landri Alves, a iniciativa levará informação e esclarecimento sobre o assunto, auxiliando no fim da intolerância à essas pessoas. “A palestra tem como intuito combater e inibir a desinformação, a intolerância e desumanidade. A diversidade, o amor, a liberdade, a verdade e a dignidade precisam ser disseminadas”, falou o presidente.

Na sexta-feira, 14, no Espaço Cultural, às 19h, acontecerá uma palestra sobre “O movimento LGBTQI no Tocantins em seus 16 anos de (re) existência”, com o professor doutor da Universidade Federal do Tocantins (UFT), Damião Rocha. Em seguida ocorrerá roda de conversa e a primeira exposição fotográfica do movimento LGBTI do Tocantins, denominado “Memorial Fotográfico Literário e Artístico LGBT do Tocantins”.

No sábado, no Lanterna Lounge Bar, uma confraternização foi preparada para informar o público sobre como será a Parada LGBTI no domingo. “Será uma programação bem acolhedora, respeitando à diversidade de gêneros binários e não binários. Onde artistas locais e regionais terão à oportunidade de mostrar sua arte. Também terá grupos auto-gestionados, para dialogar entre si, sobre suas necessidades coletivas, para encaminhar para sociedade tocantinense, nossos anseios”, ressaltou o presidente do Coletivo da Diversidade Tocantinense, Thassio Paz.

16º Parada LGBTI – 50 anos de (re)existência LGBTI
A parada LGBTI de Palmas está em sua décima sexta edição e é organizada pelo Coletivo da Diversidade Tocantinense, que todos os anos articula para que o evento aconteça de forma agradável e para todos. A concentração para o evento ocorrerá no Parque Cesamar no domingo, 16, a partir das 14h. A Parada, além de ser um momento de descontração, tem o objetivo de reivindicar os direitos de pessoas LGBTI+, visto que são desrespeitados diariamente.

Acredita-se que o reconhecimento e a informação são instrumentos para o combate a LGBTfobia e a parada deve ter visibilidade para que isso aconteça efetivamente. “O intuito é enaltecer sobre os diferentes tipos de pessoas, corpos e suas diversidades. Reforçar que somos contra o machismo, a misoginia, LGBTIfobia, racismo e a exclusão das pessoas não binárias. Pois acreditamos que à sociedade só avança, respeitando à todas e todos, e com equidade” comentou o presidente do Coletivo em relação a importância desse ato.

Junho, mês do orgulho LGBTI+
Até a década de 60, os Estados Unidos tinha regras contra o relacionamento homoafetivo e punia cruelmente quem infringia essas normas como prisão perpétua, choque elétrico e lobotomia. Em 1960, ainda tinham poucos locais que LGBTI+ frequentavam, um deles era o bar Stonewall Inn. O local era onde lésbicas, travestis e trânsgeneros, homens gays, drag queens se encontravam para momentos de lazer, entretanto frequentemente batidas policiais truculentas eram realizadas no local.

No dia 28 de junho de 1969, o público do bar se revoltou contra a polícia e chamou atenção do mundo para a importância dos direitos LGBTI+. Dessa forma, em comemoração ao aniversário da Revolta muitos países fazem sua parada LGBTI+ nesse dia e celebram o mês de junho inteiro com programações que tem intuito de levar visibilidade a comunidade.

“O tema da parada significa relembrar à história da revolta de Stonewall, em Nova York, onde nossa comunidade LGBTI+ norte-americana começou ir às ruas para não permitirem mais às repressões policiais. Esse processo de organização, fez com que nossa comunidade tivesse força para lutar e (re)existir, promovendo à liberdade de todas e todos”, ressaltou Thassio Paz.

Mais informações
Para saber mais detalhes sobre a programação acesse a página do Coletivo da Diversidade Tocantinense (https://bit.ly/2XEoul8) ou siga o instagram da Diversidade IBDFAM TO (https://bit.ly/2XCE0xQ). As programações ocorrem de 13 a 16 de junho e vocês está convidado a apoiar essa iniciativa.

COMPARTILHE:


Confira também:


Economia

MP da liberdade econômica é sancionada; veja os principais pontos

Lei entra em vigor na data da publicação, ainda nesta sexta-feira

PPA

Governo abre consulta pública do PPA 2020-2023 e reafirma gestão voltada às necessidades da população

O vice-governador Wanderlei Barbosa destacou a relevância do formato de consultas públicas adotado pelo Governo do Estado, em que foram ouvidas milhares de pessoas de todas as regiões do Tocantins.



Operação Ruptura

Polícia Civil deflagra operação ruptura e prende vários criminosos em Araguaína

Operação resultou na prisão de um indivíduo considerado o chefe do tráfico de drogas em Araguaína


Saúde

Hospital Regional de Miracema amplia serviços e realiza cirurgia inédita

A equipe responsável pelo procedimento foi composta pelo médico urologista Danilo Maranhão; o anestesista Paulo Márcio; o médico auxiliar Jobel Egito e as equipes de enfermagem, técnica de enfermagem e limpeza.


Agenda

Em Brasília, parlamentares do Tocantins buscam recursos para obras

Para o Delegado Rérisson as reuniões foram bastante positivas.


Seu Bolso

Energisa prorroga campanha para negociação de dívidas


Premiação

Nota Quente paga R$ 10.935,88 neste sábado, 21


Saúde

Profissionais de saúde alertam sobre cuidados com as altas temperaturas na Capital


Drogas

Polícia Civil prende quatro traficantes e apreende mais de 30kg de maconha em Gurupi


Honraria

Participante de programa do Instituto TIM vence prêmio global da ONU


Agrotóxicos

Assembleia debate uso de agrotóxico em audiência proposta por Zé Roberto Lula



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira