Saturday, 29 de February de 2020

VIVER


Ponto de vista

O necessário tempo para as relações

16 Sep 2018
O necessário tempo para as relações

Rafael Pereira
@rapres (Redes Sociais)
Telefone:(63) 9 81171300


O prazer em fazer novas amizades é sutilmente visto em crianças, onde a facilidade é extrema para contagiar o próximo com simples palavras, e até mesmo pequenas atitudes são lógicas para o início de pequenos vínculos afetivos. Infelizmente isso muda durante as demais fazes de vida.

O que pode ser analisado, é que vagarosamente acabamos nos dividindo e distanciando em grupos menores, e em boa parte são pessoas do convívio do trabalho, facilmente confundidos com coleguismo. Assim cada vez mais as pessoas estão mais solitárias e propensas a períodos depressivos, mesmo envolvidas com outros indivíduos, ou seja, vivemos em pequenas bolhas propensas a poucas mudanças em rotinas.

Estas bolhas sociais são superficiais, sendo que até podemos conversar com outras pessoas ao longo do dia, mas não é um contato que gera vínculos fortes. A tecnologia tem nos afetado de tal forma que paramos de ver o mundo ao redor, e é fácil observar centenas de pessoas surfando nas redes sociais como se fossemos personagens de um mundo artificial.

Se faz necessário que pelo menos uma vez ao dia fiquemos longe de tal virtualização, e possamos comtemplar o tempo e as amizades que ainda nos restam. Porém para isso, precisamos que os mesmos sentimentos sejam mútuos e que as rotinas possam ser mudadas dando a margem de liberdade para aproveitar momentos em uma mesa de bar, caminhadas em parques e atividades ligadas ao wellness, propondo uma pequena válvula de escape.
Em nossa regionalidade social as bolhas individuais estão se alastrando em lugares antes não vistos, como as cidades interioranas. A ênfase nas redes sociais virtuais já é realidade, e assim os vínculos cotidianos estão se distanciando. A individualidade corriqueira, vista comumente em cidades grandes é fruto de muitas situações, algumas como a falta de tempo.

Cada dia precisamos de mais tempo para relações de trabalho e estudos, tendo pouquíssimo saldo restante para o vínculo familiar e social. Países como Alemanha, tem observado bem estes paradigmas e garantido políticas públicas com redução de horas de trabalho e incentivos as atividades sociais.

A remediação ao problemas sociais podem ser vistos em países que já estão em manobra para melhorar a qualidade de vida de suas populações. Provavelmente veremos algumas alternativas no futuro, quando o problema já estiver visivelmente efetivo em nossa nação, causado por fatores negativos de índice de qualidade de vida.  Talvez políticas públicas sejam necessárias afim de mudar paliativamente, dar assim mais tempo as pessoas ampliando melhorias em camadas importantes como saúde, esporte e lazer.

COMPARTILHE:


Confira também:


Fish’n Strategy

Tocantins lidera o ranking de locais mais procurados para prática de pesca esportiva

Pesquisa realizada pela Fish’n Strategy aponta que pousada localizada em Peixe foi a mais lembrada no ano de 2019

Economia

Intenção de Consumo das Famílias de Palmas volta a subir

Mais especificamente sobre o consumo, a maioria das famílias disseram que estão comprando menos atualmente (48,5%) e apenas 28,2% acreditam que o consumo nos próximos meses será maior que no mesmo período do ano passado.



ALETO

Assembleia realiza semana da mulher com programação especial voltada para elas

Na terça-feira, 03, também está prevista uma sessão solene em homenagem as mulheres, às 09 horas, no plenário da Casa. Na data serão entregues diplomas a personalidades femininas.


Seciju

Representantes das forças de segurança do Estado participam de reunião de alinhamento entre as equipes

O encontro foi realizado na manhã desta quinta-feira,27, na Seciju, e teve como objetivo planejar ações para o trabalho coletivo entre as forças


Sul

Governo assina termo de cooperação com prefeituras que vai beneficiar abrigo em Gurupi

O Abrigo Renascer recebe crianças e adolescentes que necessitam de atenção especial, em Gurupi e outros 12 municípios


Palmas

Grupo Sabin desenvolve teste para detectar o novo coronavírus


Segurança

Operações deflagradas pela Polícia Civil contribuem para redução da criminalidade no Tocantins


Opinião

Final de uma semana que nem começou


Decisão

Justiça define que Incra não pode desistir de ação e desapropria Fazenda Vera Cruz, no TO


Oportunidade

IEL Tocantins seleciona estagiários para o Ministério Público


ATS

Obras de extensão de rede são entregues em Palmeirante



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira