Wednesday, 19 de February de 2020

ESTADO


Solidariedade

Governo integra força-tarefa para levar ações a refugiados venezuelanos

23 Nov 2019
Governo integra força-tarefa para levar ações a refugiados venezuelanos

Representantes das secretarias de Estado do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas); da Saúde (SES); e da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) estiveram reunidos nesta sexta-feira, 22, no Ministério Público Federal (MPF), juntamente com outras entidades federais e municipais, atendendo a uma solicitação do procurador da República, Álvaro Manzano. Os objetivos da reunião foram discutir e mobilizar uma força-tarefa em prol das famílias de indígenas venezuelanos refugiados em Palmas e Porto Nacional.

O secretário da Setas, José Messias Araújo, que participou da reunião, falou sobre a importância das instituições públicas e entidades sociais, como a Secretaria de Assistência Social de Palmas, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), o MPF, a Defensoria Pública Estadual, o Ministério Público Estadual (MPE), entre outras, estarem aliadas com o propósito de achar uma solução para o caso das famílias de refugiados que estão desabrigados em Palmas. “Estamos alinhados de forma que cada um faça sua parte no que se refere às políticas públicas e contamos com a contribuição da sociedade em geral. Trata-se de cuidar de vidas, por isso de imediato já achamos um local provisório para abrigar as famílias indígenas, proporcionar qualidade de vida e acolher da melhor forma possível”, ressaltou.

Segundo um levantamento feito pela força-tarefa já são mais de 40 imigrantes indígenas que buscam refúgio da crise política e econômica na Venezuela. Durante a reunião, foram apresentadas estratégias de ações aos refugiados na cidade e Setas apresentou um local temporário para abrigar os refugiados. O espaço foi cedido pela Arquidiocese de Palmas e está situado no Distrito de Luzimangues, próximo ao Lago da Usina Eduardo Magalhães. “A localização do abrigo temporário é interessante, porque a atividade dos indígenas venezuelanos é a pesca artesanal e, com a proximidade do lago e o apoio do Governo, os indígenas poderão praticar a mesma atividade que praticavam”, argumentou a diretora do Sistema Único da Assistência Social (SUAS) e Programas Especiais da Setas, Halana Magalhães.

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) também está prestando assistência necessária às famílias. A técnica do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS), Arlete Otoni, informou que a Saúde Estadual em conjunto com as Secretarias Municipais de Saúde de Palmas e Porto Nacional farão um plano de ação para o recebimento de novos refugiados. Além disso, a gestão Estadual está em contato com os demais municípios, que são possíveis rotas de entrada, para verificar a presença de novos venezuelanos em território tocantinense.

“A Semus [Secretaria Municipal de Saúde] de Palmas já fez um atendimento inicial com as famílias de refugiados que se encontram na cidade, com vacinação de crianças e adultos. No grupo, existem recém-nascido e gestante que terão um acompanhamento na Atenção Básica, com suporte de retaguarda dos hospitais Maternidade Dona Regina, Infantil de Palmas e caso necessário o Hospital Geral”, explicou Arlete Otoni. 

No que diz respeito ao atendimento educacional, a Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) já está adotando as providências para que os refugiados em idade escolar tenham garantida matrícula no sistema de ensino. No âmbito da Educação estadual, estão acompanhando as discussões, a diretora de Políticas Educacionais Jandira Rodrigues Aquino Lima, e o gerente de Educação Indígena, Waxyi Maluá Karajá.

COMPARTILHE:


Confira também:


Economia

FGTS vai reduzir descontos no financiamento da casa própria em 2021

A medida provisória que liberou os saques do FGTS reduziu a taxa de administração 1% e 0,5%.

Redução de cobrança

Nova notificação do Procon à BRK Ambiental solicita explicações sobre funcionamento e prazos de lei

Nesta terça-feira, 18, o Procon Tocantins realizou nova notificação contra a BRK Ambiental exigindo explicações sobre funcionamento, prazos, pagamento e ressarcimento referente a Lei Municipal 2.540/2020 que reduz o valor da tarifa de esgotamento



Convênio

Escola do Legislativo firma convênios com Faculdade Serra do Carmo e OAB-TO

O chefe do Legislativo estadual também enfatizou a importância dos dois convênios, que pare ele vão beneficiar sobretudo os jovens mais necessitados do Estado.


BRB

Tocantins será o primeiro estado da região Norte a contar com agências do Banco de Brasília

Instituição vai oferecer linhas de crédito com juros competitivos


Sanidade

Adapec emite Nota Técnica sobre caso Mormo em Formoso do Araguaia

A Adapec vem tomando todas as medidas sanitárias cabíveis de acordo as legislações vigentes, com o objetivo de controlar, prevenir e impedir a disseminação da enfermidade.


ALETO

Júnior Geo destina emendas parlamentares para as áreas de Ciência, Tecnologia e Inovação


CCJ

Medida Provisória cria quadro administrativo da Unitins em Paraíso


Saúde

Governo realiza prestação de contas da Saúde na Assembleia Legislativa


Economia

Fecomércio Tocantins recebe Banco de Brasília para assinatura de Termo de Cooperação


Saúde

HRM realiza seu primeiro mutirão do Opera de 2020


Exemplo

Risoterapia leva sorrisos aos pacientes internados no HGP



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira