Tuesday, 28 de January de 2020

GERAL


Educação

Delegação tocantinense viaja a São Paulo em busca de medalha de ouro na Olimpíada de Língua Portuguesa

09 Dec 2019
Delegação tocantinense viaja a São Paulo em busca de medalha de ouro na Olimpíada de Língua Portuguesa

É com muita expectativa que a deleção de estudantes e professores do Tocantins participa da cerimônia nacional de premiação da 6ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa, que acontecerá nesta segunda-feira, 9, às 19 horas, na Sala São Paulo, Praça Júlio Prestes, São Paulo.

Os estudantes finalistas já receberam medalhas de bronze e de prata pelos seus trabalhos e, agora, estão concorrendo ao ouro, são eles: Allanis Stephani Carvalho, da Escola Estadual Jacy Alves de Barros, Arraias; Ana Beatriz Rodrigues Paes, da Escola Municipal Beatriz Rodrigues da Silva, Palmas; Yêda Maria Oliveira Aguiar, da Escola Municipal Ayrton Senna, Pequizeiro; Luiz Eduardo Pereira da Silva, da Escola Estadual Joaquim Francisco de Azevedo, Taipas do Tocantins; Rafael Caxàpêj Krahô, da Escola Estadual Indígena 19 de Abril, Goiatins; Ioneide Ferreira de Souza, do Colégio Estadual Professora Joana Batista Cordeiro, Arraias; Ludimila Carvalho dos Santos, Ana Maria de Brito e Jannine Ferreira, as três da Escola Estadual Marechal Costa e Silva, de Muricilâdia.

Allanis concorre na categoria crônica com o texto Operação Cinderela, e a estudante Ana Beatriz participa com a produção denominada Sempre em busca de luz. Na categoria Poema, representará o Tocantins, a estudante Yêda Maria, com o texto Cidade do Tesouro e em Memórias Literárias, o representante é Luiz Eduardo, com o texto O pequi nosso de cada dia.

Na categoria Artigo de Opinião, o Tocantins conta com dois representantes: Rafael Krahô, com a produção Meu lugar é um pulmão verde no meio da imensidão acinzentada e a estudante Ioneide, com o texto A poluição dos rios no Mimoso: tudo vale a pena em nome do progresso? e na categoria Documentário, receberam destaques com o vídeo intitulado O nosso passado é que fez nosso presente e está preparando o nosso futuro, as alunas Ludimila, Ana Maria e Jannine, que são da Comunidade Quilombola Dona Juscelina, de Muricilândia.

Acompanham os estudantes as professoras Alessandra Barbosa Silva Resende e Elaine Cardoso de Sousa, ambas de Arraias; Marilda Belisário da Silva Ribeiro, de Palmas; Cleide Sonia Dutra Souza Pereira, de Pequizeiro; Rosana Ribeiro dos Santos, de Taipas; Deuzanira Lime Pinheiro, de Goiatins e Fabiana Martins Ferreira Braga, de Muricilândia.

As professoras e estudantes falaram da expectativa e da alegria de participarem da cerimônia de premiação nacional. “Estou muito feliz por participar mais uma vez da olimpíada, juntamente com o aluno Luiz Eduardo, ter essa oportunidade de representar o nosso estado, a escola e o município de Taipas, em um concurso nacional. Quero aproveitar o máximo essa oportunidade”, contou a professora Rosana Ribeiro dos Santos.

A Olimpíada de Língua Portuguesa é um concurso de produção de textos para alunos de escolas públicas de todo o país e é uma iniciativa do Ministério da Educação e do Itaú Social, com a coordenação técnica do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec).

Sala São Paulo

O local onde será realizada a cerimônia de premiação é um imponente edifício histórico, da Estrada de Ferro Sorocabana que abriga, atualmente, a Sala São Paulo, sede da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo.

O edifício foi projeto por Christiano Stockler das Neves, em 1925, e foi concluído em 1928, é um local marcado por detalhes do estilo Luís XVI e é administrado pela Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo.

Na manhã desta segunda-feira, os estudantes já visitaram o Museu da Língua Portuguesa.

COMPARTILHE:


Confira também:


Saúde

Ministro confirma primeiro caso suspeito de coronavírus no Brasil

Estudante de 22 anos está em observação em hospital de Belo Horizonte


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira